Jovens Profetas

“Isto é uma ordem: sê firme e corajoso. Não te atemorizes, não tenhas medo, porque o Senhor está contigo em qualquer parte para onde fores.” (Jos 1, 9)

Essa palavra foi dirigida pelo Senhor ao Jovem Josué. Após a morte de Moisés, o jovem Josué é escolhido para guiar e introduzir o povo na terra prometida. Uma ordem repetida muitas vezes na bíblia, ser corajoso!

Josué fora escolhido pra terminar a missão começada por Moisés, este que conduziu o povo na libertação do Egito, mas pela desobediência ele também, junto com a geração de seu povo, não pôde entrar na terra prometida, então, o Senhor escolhe um jovem, Josué, para conduzir o povo. Josué é no antigo testamento o personagem que melhor representa o Messias que havia de vir. A sua missão é parecida com a do Messias (Jesus), enquanto Josué introduz o povo na terra prometida aqui na terra, Jesus introduz a todos nós, o povo de Deus, a terra prometida celeste, no Céu. Nessa passagem devemos salientar a juventude de Josué, e nas ocasiões onde essa ordem é dada, é sempre dada a um jovem, como foi também o caso de Salomão (I Rs 2, 2), essa ordem é dada por Deus, sem forçarmos muito os textos bíblicos, a toda a juventude. Jovem, o Senhor diz pra você a cada instante: Seja firme e corajoso! Porque a força da juventude aliada a força do alto, é invencível.

Santo Agostinho nos ensina em sua obra sobre a Graça de Deus que, se um homem com sua livre vontade aceita viver a santidade, se de todo o coração se entregar a isso, e a graça de Deus o ajudar, ele é capaz de viver sem pecar, argumenta que, não é porque nunca tenha existido tal fato, visto que todos nós pecamos, exceto Jesus, só por isso não quer dizer que não seja possível que isso aconteça. Portanto, a graça de Deus nos auxilia o tempo todo nessa empreitada, de permanecermos firmes na santidade e corajosos na missão, o Espírito Santo vem sempre em socorro das nossas fraquezas (Rom 8, 26), e isso nos garante que se nossa vontade adere a vontade de Deus, não estaremos desamparados em nosso caminho.

Sejamos corajosos e ousados na missão, não é nosso mérito sermos chamados, pois fomos criados em Cristo para as boas obras (Efe 2, 10), anunciar o evangelho não é motivo de glória, e sim uma obrigação dos batizados (I Cor 9, 16), é nossa missão como parte de uma igreja missionária, nascida em missão, publicando as maravilhas de Deus (At 2, 11). Nossa natureza nos leva a Deus, como ensina Santo Agostinho, nosso coração tem um desejo insaciável, que só será satisfeito quando se encontrar com Deus. A humanidade tem procurado Deus de diversas formas, e muitas vezes não tem encontrado, porque tem procurado em lugares errados, mas nós precisamos apontar o caminho certo, pois se fazemos parte de uma igreja una em Pedro, não podemos esquecer que somos de igreja missionária em Paulo, Ele que viveu a evangelização como obrigação (I Cor 9, 16), ele que viveu como embaixador  e prisioneiro da missão e do evangelho  (Efe 6, 20), e levou a igreja e o evangelho de Cristo entre os pagãos.

Se fazemos parte da igreja de Cristo, fazemos parte também de sua missão. E a missão da igreja é levar o evangelho até os confins do mundo (At  1, 8; Lc 24, 47), somos de uma igreja missionária, que precisa de jovens profetas. A missão Ad Gentes, que começa a partir do decreto desse mesmo nome do concílio vaticano II, nos manda exercer o ministério de Paulo, o decreto pretende reavivar a chama do ardor que existiu entre os apóstolos, e anunciar o evangelho oportuna e inoportunamente, em todo o tempo e lugar, o mandato missionário da igreja é pra hoje!

A força da juventude não pode ficar de fora dessa missão, por isso o Senhor nos ordena mais uma vez: seja forte e corajoso! Pra anunciar a Cristo morto e ressuscitado, pra proclamar as maravilhas do Senhor e denunciar as ciladas do mal. Vivemos um tempo de combate! São muitas as armadilhas, nas novelas, nos programas de televisão, nas próprias leis! Temos visto a pouca vergonha e safadeza dos governantes ao aprovar essa plano de direitos humanos que aprova o aborto, o casamento homossexual, entre outras coisas! Devemos denunciar cada investida do mal! Só assim poderemos ser considerados jovens profetas, estando ao lado da palavra de Deus e da igreja, porque elas são as nossas guias, a palavra de Deus interpretada pelo magistério da igreja e a santa tradição! Nos apeguemos jovens profetas, a santa palavra e a santa igreja, mistérios de salvação deixados pra nós por Jesus! Não podemos nos calar diante de coisas tão malignas, precisamos denunciar, e dizer não! Onde nós estivermos, com a palavra e com as atitudes, no nosso voto, no nosso modo de ser!
Reze assim: Senhor meu Deus, eu quero ser a partir de hoje um jovem profeta, quero anunciar a tua palavra com a minha vida. Encha-me Senhor com o teu Espírito, dai-me coragem de gritar a verdade, fortaleça-me a cada instante pois nescessito de Ti. Muito obrigado Senhor, pois sou capacitado por ti para o servir, lutarei até o fim por amor a tua palavra e por amor a rua igreja. amém!

Carlos Maximiliano
Vila Velha - ES
Grupo de Oração Poder de Deus

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

0 Response to "Jovens Profetas"

Postar um comentário