Tatuagens

“Não fareis incisões na vossa carne por um morto, nem fareis figura alguma no vosso corpo. Eu sou o Senhor. (Lev 19, 28)

Hoje é muito raro passar pela rua sem ver alguém pelo caminho exibindo uma tatuagem. Tem crescido entre os jovens o desejo de fazer essas figuras pelo corpo. A tatuagem é uma marca com um desenho no corpo, na maioria das vezes, de modo definitivo. Suas origens se perdem na história, alguns estudos apontam essa prática há pelo menos 8.000 anos, seus vestígios arqueológicos foram encontrados em sítios na França, na Itália, em Portugal e na Romênia, também no Egito, na Mongólia, nas civilizações pré-colombianas e no Brasil, Das ilhas polinésias o capitão James Cook levou a palavra tatoo para a Inglaterra, de onde saiu para os demais vocabulários do mundo. Existem vários motivos registrados historicamente para se fazer uma tatuagem, dentre eles:
  • Meio para camuflar o corpo para caça;
  • Atravessar com segurança etapas difíceis da vida, como a puberdade;
  • Afastar os maus espíritos na hora da morte;
  • Ligação com o culto aos antepassados;
  • Demonstrar sua união a certos grupos e confrarias.

Muitas pessoas acham bonito, usam porque está na moda não vêem nada demais, mas a maioria das pessoas se arrepende de ter feito a tatuagem. Geralmente quem a faz na juventude, com o tempo a forma de pensar muda, o gosto musical muda, os lugares freqüentados mudam, mas a tatuagem não mudará.

Nas origens da tatuagem veremos seu uso ligado a cultos ao diabo. Muita mulheres da Polinésia faziam tatuagens em volta dos lábios para impedir a entrada de demônios pela abertura da boca. O próprio pigmento com que era feito o desenho conservava os ‘poderes’ benéficos da divindade do fogo que o tinha produzido e transmitia-os a quem tatuando-se, os absorvia através da pele. Os sinais escolhidos tinham por objetivo agradar aos deuses a fim de obter sua benevolência e de esconjurar a sua ira e terríveis conseqüências. Em quase todos os povos antigos a tatuagem estava associada ao culto de deuses-demônios e era praticada em ritos que lhes eram dedicados por feiticeiros ou magos. (Revista Tatoo Gallery de Agosto de 1994)

Deus proíbe severamente a tatuagem na bíblia (Lev 19, 28) porque elas eram feitas para adoração dos deuses pagãos, e o Senhor trata seu povo como escolhido, e não admite que nós imitemos os adoradores do demônio. É tão difícil falar de Jesus no meio dos nossos amigos, mas colocar uma tatuagem, e ser outdoor do demônio se torna bem fácil.

“As tatuagens e os piercings são proibidos pela bíblia no livro do Levítico, e grande parte do mundo é regida pelas crenças religiosas bíblicas, até mesmo a própria África. Eu pretendo encorajar qualquer atitude que constitua uma sublevação contra o cristianismo, porque, nos últimos quinhentos anos, os missionários cristãos têm vindo destruir sistematicamente quase todas as culturas diversificadas do mundo, transformando-o num lugar bem menos interessante...nem sequer os extraterrestres vindos de outro planeta seriam capazes de inventar uma arma mais arrasadora do que a religião cristão para utilizar contra os povos do plante Terra.” (Anton La Vey, fundador da “Igreja de satanás”, em entrevista sobre tatuagens e peiercings)

As tatuagens mais usadas que vemos por aí são símbolos muitas vezes velados e algumas vezes escancarados do demônio. Tais do tipo dragão e serpente, símbolos bíblicos do demônio: “Ele apanhou o Dragão, a primitiva serpente, que é o demônio e satanás, e os acorrentou por mil anos.” (Ap 20, 2) Ainda outros símbolos como “teia de aranha”, é algo que prende, o tribal é algo que divide, linhas sobrepostas que não se unem, lembrando que Diabo, vem do termo diabolos (=dividir, divisor), ainda vemos tatuagens com caveiras, símbolos de morte, caricaturas de palhaços, imagens, antes de tudo horrorosas, é difícil de entender porque se colocar algo assim em seu corpo.

A tatuagem sempre foi usada em cultos ao demônio, assim como o crucifixo é usado em cultos cristãos. Mas virão aqueles dizer que não fazem com essa intenção, e já como resposta volto a perguntar: “Será que um satanista usaria um crucifixo porque acha bonito?” Lógico que não! Então porque um cristão vai ficar usando símbolo do diabo, sendo outdoor do demônio?! “Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habita em vós, o qual recebeste de Deus e por isso já não vos pertenceis? Porque fostes comprados por um grande preço. Glorificais, pois, a Deus no vosso corpo” (I Cor 6, 19-20) Irmãos, nós não nos pertencemos, é ordem do Senhor: “Não fareis figura nenhuma no vosso corpo” (Lev 19, 28). Nosso selo é o batismo, nós somos marcados para o céu, Jesus Cristo deu o sangue na cruz para nos libertar, não podemos agora ficar usando símbolos do demônio. Sei que isso é duro, mas é a verdade, não importa qual tatuagem seja, qual figura ou frase, mesmo sendo bíblica ou imagem religiosa, a tatuagem não vem de Deus, é símbolo de culto ao demônio, é biblicamente proibida, isso não vai mudar, fazer tatuagem é brincar de bruxo moderno, isso não vem de Deus, por mais duro que seja, é a verdade e precisa ser dita!

Muitas pessoas vão estar lendo isso triste, porque fizeram uma tatuagem e não sabiam. Não fiquem tristes, aqueles que fizeram sem ter esse conhecimento não pecaram, se você fez sem saber que era errado, porque infelizmente temos medo de denunciar, você não pecou, mas a partir de agora, se fizer, prestará conta desse pecado. Mas não fique exibindo, apagar é pior que fazer, deixa marcas, coloração diferente na pele, por isso a tatuagem não é recomendada pelos médicos. Se você fez e não pode apagar, não tem problema, mas esconda, não deixa à mostra, você é valioso demais pra andar com uma marca do inferno. Não siga a moda, siga Jesus. Não se entregue às paixões do mundo, se entregue ao amor de Deus. Se quiser um símbolo, a cruz é nosso símbolo, se quiser fazer parte de um grupo, seja cristão, e então faça parte de uma família, a igreja não é grupo, é mais que isso, é uma família!

Podem chamar a igreja de antiquada, eu digo que ela é fiel, a palavra de Deus não passa, Jesus te ama, e quer fazer de você livre, e já fez na cruz, mas quer te libertar de novo, das amarras que o demônio tem inventado pra nós, porque é pra liberdade que Cristo nos libertou. (Gal 5, 1).

Reze comigo assim: Senhor Jesus eu quero ser livre das armadilhas do encardido, não quero em mim uma marca que não seja sua Senhor, vem curar-me do desejo de fazer uma tatuagem. Perdão Paizinho porque em minha ignorância eu fiz uma tatugem, mas conceda-me a graça de testemunhar e ser um jovem profeta na vida de outros jovens. quero fazer parte do Teu exército marcado pelo Espírito Santo, amém!

Carlos Maximiliano
Grupo de Oração Poder de Deus
Vila Vellha - ES

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

1 Response to "Tatuagens"

  1. gugu11mt says:
    1 de abril de 2010 07:22

    “Não fareis figura nenhuma no vosso corpo” (Lev 19, 28)
    Se sabemos que somos templo de um Deus que é UNO e TRINO, devemos apenas cuidar assim como for da vontade do Senhor, fazendo o impossível para seguirmos as vontades dEle e não as nossas! E esta época da Semana Santa é perfeita para refletirmos essa passagem:
    "Se, portanto, ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas lá do alto" (Colossenses 3,1)

    Deus abençoe galera!
    =)
    Paz e Bem!

    Gustavo Martins - Cruzeiro/SP

Postar um comentário